Após protesto, ambulantes conseguem ficar na Ponte de Ferro até o dia das crianças

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/10/2013 às 7:40
Leitura:
Do Redator de Plantão Protesto deixou o trânsito complicado, no centro do Recife Foto: Milenna Gomes/ Especial para a Rádio Jornal Protesto deixou o trânsito complicado, no centro do Recife
Foto: Milenna Gomes/ Especial para a Rádio Jornal Após fazerem um protesto que travou o centro do Recife por três horas, na manhã dessa segunda-feira (30), ambulantes conseguem ficar na Ponte de Ferro até o dia das crianças. A prefeitura quer organizar o comércio informal em áreas de grande movimento de pessoas e de veículos, mas a retirada dos camelôs para um espaço no camelodromo na Avenida Dantas Barreto não agradou. Insatisfeitos, os ambulantes fecharam o cruzamento da Avenida Conde da Boa Vista com a Rua da Aurora. O trânsito ficou congestionado e três horas depois a categoria fechou um acordo com a Prefeitura do Recife. Os camelôs permanecem até o dia 12 de outubro na Ponte de Ferro, no bairro da Boa Vista negociando os produtos. A Secretaria Municipal de Mobilidade e Controle Urbano diz que está negociando um acordo com as lideranças da categoria. Severino Souto Alves, representante do sindicato dos comerciantes informais disse que o povo continua lá no mesmo lugar:

Mais Lidas