Causa da morte de mulher encontrada em carro em Olinda será conhecida em 30 dias

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/10/2013 às 9:17
Leitura:
Do Redator de Plantão Foto: Ana Paula Figueiredo/ Especial para a Rádio Jornal Foto: Ana Paula Figueiredo/ Especial para a Rádio Jornal O resultado do exame sobre causa da morte da mulher encontrada morta em um carro em frente à sede de um plano de saúde em Olinda será conhecido em trinta dias. O corpo da comerciante Betânia Paula de Souza, de 35 anos, será sepultado nesta quinta-feira (3). Ela era casa, mãe de um menino de nove anos e segundo os familiares apresentava problemas de saúde. Sem demonstrar qualquer sintoma, a usuária do plano de saúde estacionou o veículo na manhã dessa quarta-feira (2) na Avenida Getúlio Vargas. Quatro horas depois, populares perceberam que a mulher estava desacordada e iniciaram o socorro. Os médicos verificaram que Betânia morreu por asfixia, pois não conseguia respirar com o próprio vômito. O plano de saúde confirmou que a usuária sofreu um mal súbito e que os médicos tentaram reanima-la. Érica Santos percebeu que a comerciante não estava bem ela conta o que foi visto assim que os vidros do carro foram quebrados: Familiares de Betânia Paula de Souza explicam que a comerciante foi até o plano de saúde em Olinda agendar exames. Pierre Gomes da Silva, cunhado da vítima, afirma que mesmo com o fator surpresa se mostra resignado:

Mais Lidas