Terminais Integrados ficam cheios em dia de paralisação dos metroviários

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/10/2013 às 16:35
Leitura:
metrofechadoi Com 100% de adesão, a paralisação de 24 horas dos metroviários atingiu em cheio cerca de 320 mil passageiros das linhas Centro e Sul do metrô do Recife. Nas plataformas, em vez do movimento das composições, o silêncio e portas fechadas. Muita gente foi pega de surpresa e, mesmo quem se preparou, teve que enfrentar longas filas e esperar mais de duas horas por um coletivo. Na integração de Jaboatão dos Guararapes, o vendedor Fábio Luis tentava chegar ao Centro do Recife e enfrentou passou pelo menos 1h40min aguardando um ônibus. No Barro, mesmo com o aumento na frota, muita gente sofreu para conseguir embarcar e tumultos foram registrados. Se não bastasse essas dificuldades, a falta de informação também atrapalhou a vida da população. metro2i Em Joana Bezerra, na área central do Recife, onde passam cerca de 60 mil pessoas por dia, os efeitos não foram tão intensos, mas prejudicaram o bolso de quem teve que pegar mais coletivos para completar o trajeto ao trabalho. A parada dos metroviários segue até a 0h desta sexta-feira (4), com a operação retornando ao normal, neste sábado (5), a partir das 5h. O repórter Rafael Carneiro conversou com passageiros nesta sexta (4): LEIA MAIS Paralisação dos metroviários reivindica metrô público de qualidade

Mais Lidas