Moradores da Iputinga realizam protesto e bloqueiam tráfego no Rio Capibaribe

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/10/2013 às 14:23
Leitura:
foto rafael1 Com cordas e balsas, moradores impediram obras de navegabilidade no rio Foto: Rafael Carneiro / Rádio Jornal Com medo de serem retirados de uma área às margens do Rio Capibaribe, 12 famílias que moram na comunidade da Ilha do Bananal, na Iputinga, na Zona Oeste do Recife, realizaram um protesto nesta quarta-feira (9). Com balsas e cordas, os moradores impediram o tráfego de embarcações, interrompendo o trabalho de dragagem do manancial para garantir a navegabilidade até a Copa do Mundo de 2014. A comunidade existe há mais de 30 anos e, no local, as famílias cultivam frutas de onde conseguem o sustento. Mais de 30 mil pés de bananas e de cocos ocupam a ilhota entre os bairros do Monteiro e da Iputinga. Por mês, eles arrecadam mais de 20 mil produtos comercializados. A desocupação da área foi solicitada pela Secretaria das Cidades que previa a construção de estações de embarque e desembarque. Um laudo apontou risco aos ribeirinhos devido à proximidade das dragas. Com a mobilização, o cronograma da obra teve que ser alterado. Através de nota, a pasta tranquiliza a população e informa que desistiu de remover os moradores do local por entender que as obras não oferecem risco a eles. O repórter Rafael Carneiro conversou com o líder comunitário da região:

Mais Lidas