Procedimento cirúrgico para separação de gêmeos siameses deve começar nesta quinta


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/10/2013 às 7:44
Leitura:
Do Redator de Plantão Osbebês nasceram ligados pelo fígado. Foto: Suzana Mateus/ Especial para a Rádio Jornal Osbebês nasceram ligados pelo fígado.
Foto: Suzana Mateus/ Especial para a Rádio Jornal Tem início nesta quinta-feira (10), no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), nos Coelhos, a cirurgia dos gêmeos siameses Davi e Saulo. Os médicos vão implantar quatro expansores de pele, dois em cada lado do tórzax dos bebês. Os bebês, nascidos no dia 13 de maio deste ano, também no Imip são unidos pelo tórax. A equipe será coordenada pelo cirurgião plástico Rui Pereira e a expectativa é de que o procedimento será concluído em no máximo três horas, prevista pra começar às 7h e terminar às 10h. Os gêmeos siameses Davi e Saulo deram entrada no hospital na tarde dessa quarta-feira e estão acompanhados da mãe, a dona de casa Karine Ramos de Medeiros. A família formada ainda pelo pai Wilton Carlos da Silva, de 30 anos, e outro filho de um ano e meio reside numa casa simples no Alto Santa Terezinha, na zona norte do Recife. No final da manhã o IMIP divulgou uma nota de imprensa informando a conclusão do procedimento cirúrgico. Confira a bota na íntegra: O IMIP informa que na manhã desta quinta-feira (10), os gêmeos siameses D.R. e S.R., nascidos no dia 13 de maio, passaram por um procedimento cirúrgico para a colocação de quatro expansores de pele (dois em cada lado) na região abdominal. O procedimento cirúrgico, sob anestesia geral e sem nenhuma intercorrência, transcorreu em cerca de três horas e contou com a participação de três cirurgiões, comandados pelo chefe da Cirurgia Plástica, e um anestesiologista. De acordo com informação da equipe médica, os gêmeos siameses estão em boas condições clínicas no momento. > LEIA TAMBÉM: Gêmeos siameses ligados pelo fígado devem passar por procedimento cirúrgico no Imip; Adiamento da cirurgia de separação frustra pais de gêmeos siameses no Recife; A doação de um expansor de pele trouxe esperança aos familiares dos gêmeos siameses. A esperança de ver os filhos finalmente separados foi substituída pela revolta com o descaso. Fotos: Suzana Mateus/ Especial para a Rádio Jornal e Bobby Fabisak/ JC Imagem A esperança de ver os filhos finalmente separados foi substituída pela revolta com o descaso.
Fotos: Suzana Mateus/ Especial para a Rádio Jornal e Bobby Fabisak/ JC Imagem Quando nasceram, os gêmeos também foram tema de reportagem no SBT:

Mais Lidas