Vice-prefeito e dono de fazenda em Santa Maria da Boa Vista diz que não vai negociar com MST

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/10/2013 às 16:28
Leitura:
mst01 Cerca de 1300 famílias ocupam a fazenda no Sertão de Pernambuco Foto: Divulgação O vice-prefeito de Santa Maria da Boa Vista, região do Sertão do São Francisco,  José Gualberto de Freitas Almeida afirmou, nesta segunda-feira (14), que descarta a possibilidade de um acordo com integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem terra em relação à fazenda Milano, invadida pelo MST. O político também é o proprietário da fazenda invadida. Cerca de 1.300 famílias ocuparam a propriedade e a expectativa do movimento é de que o número chegue a três mil famílias. O representante da direção estadual do MST, Adailton Cardozo comenta que os motivos da invasão são a briga ideológica já existente entre o grupo e o proprietário da fazenda. Ele alega que a fazenda é improdutiva e que na propriedade há trabalho escravo. De acordo com o vice-prefeito José Gualberto, o pedido de reapropriação da fazenda Milano já foi encaminhado à justiça. Ele nega que a fazenda é improdutiva e que haja trabalho escravo. [Ouça na matéria de Carlos Simões]

Mais Lidas