Emoção marca velório de promotor assassinado no Agreste de Pernambuco

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/10/2013 às 16:18
Leitura:
Foto: TV Jornal Velório acontece na área central do Recife Foto: TV Jornal O velório do promotor Thiago Faria Soares, de 36 anos, acontece na tarde desta terça-feira (15), no Centro Cultural Rossino Alves Couto na área central do Recife. Colegas de trabalho e ex-alunos de Thiago Faria foram, neste dia do professor, prestar uma última homenagem à vítima, assassinada nessa segunda (14). O  enterro está marcado para às 17h, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, no Grande Recife. [A repórter Ana Paula Figueiredo acompanha o enterro] velorios Familiares vieram do Rio de Janeiro para cerimônia Foto: Ana Paula Figueiredo / Rádio Jornal velorio 4 Noiva e tio da vítima se emocionam em velório Foto: Ana Paula Figueiredo / Rádio Jornal Com trabalho na cidade de Itaíba, no Agreste, o promotor participava, todas as segundas feiras, de um programa de rádio com o objetivo de esclarecer a população a respeito dos direitos dos cidadãos. A maior parte da população da região é moradora da área rural e o rádio é o meio de comunicação mais comum na região. Em entrevista, Tiago Farias explica que, entre as diversas atribuições do Ministério Público, a que considera mais importante é a de contribuir para a justiça social. O promotor público deve defender os direitos da coletividade. [Ouça] INVESTIGAÇÕES - Uma equipe de mais de 50 policiais, com apoio de um helicóptero da Secretaria de Defesa Social, mantém o trabalho de busca dos suspeitos de ter praticado a execução do promotor. Os trabalhos estão concentrados na zona rural de Águas Belas, no Agreste de Pernambuco. Para o secretário de Defesa Social do Estado, Wilson Damásio, o crime pode não estar ligado ao trabalho da vítima. [O repórter Rafael Carneiro traz detalhes das investigações] CRIME - O assassinato aconteceu na PE 300, entre o limite de Itaíba com a cidade de Águas Belas, no Agreste, na manhã dessa segunda-feira (14). Um veículo Uno preto, com no mínimo duas pessoas, seguiu o carro onde estavam o promotor, a noiva dele e o tio dela.
Foto: Reprodução/ Agreste Violento
Foto: Reprodução/ Agreste Violento
O promotor foi morto com quatro disparos de espingarda calibre 12 na cabeça e no tórax. A noiva Mysheva Freire Ferssão Martins pulou do veículo e Adautivo Elias Martins ficou escondido no banco de trás do automóvel.

Mais Lidas