Procon orienta pais sobre aumento em mensalidades de escolas privadas


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/10/2013 às 17:23
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Reprodução/ Internet Foto: Reprodução/ Internet

Está iniciado o período de pré-matrícula dos alunos de escolas particulares para o ano letivo de 2014. Com a chegada do período, também está sendo implantado um reajuste nas mensalidades escolares. De acordo com o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Pernambuco (SINEPE), José Ricardo Diniz, o reajuste vai ter como base 8%, média de 10% e em alguns casos pode chegar até 12%.

José Ricardo também explica que o reajuste é estabelecido mediante planilhas e que consequentemente nada é ao acaso e obedece à própria legislação. O coordenador geral do Procon Estadual, José Rangel, analisa o aumento com cautela e reforça que as escolas precisam justificar a mudança no valor. Diante dessa situação, os pais devem exigir que seja colocada a planilha de preço do ano passado e deste ano, para verificar onde existe a divergência de 8, 10 ou 12%. É preciso, também, realizar uma reunião com todos os pais da escola com a direção da instituição, para que os pais possam questionar o que é devido ou não.

José Rangel ainda acredita que alguns fatores, podem sim influenciar no valor da mensalidade, como contratação de novos professores e aumento de salário nos ganhos dos docentes. Ele ainda complementa que se os pais, depois de receber a justificativa e ainda assim achar que o valor é indevido, deve procurar o Procon.

Ouça todas essas informações na matéria de Thiago Graf, especial para a Rádio Jornal:


Mais Lidas