Situação dos prédios-caixão na Região Metropolitana do Recife preocupa moradores e poder público

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/10/2013 às 18:01
Leitura:
edificio eldorado Moradores de blocos do Conjunto Eldorado, em Àgua Fria, tiveram que abandonar casas em maio Foto: Reprodução / TV Jornal A situação dos prédios-caixão na Região Metropolitana do Recife foi o assunto do debate na JC News com Everson Teixeira desta quinta-feira (17). Participaram do programa Carlos Wellington de Azevedo Pires, engenheiro do ITEP, e André Frutuoso, advogado do direito do consumidor. E a nossa enquete: um laudo do Instituto Tecnológico de Pernambuco (Itep) contratado pelas prefeituras do Recife, de Olinda, Jaboatão, Paulista e Camaragibe, entre os anos de 2007 e 2009, apontou que, no Grande Recife, pelo menos 233 prédios-caixão apresentavam situação de  risco alto ou muito alto de desabamento. Foram vistoriados 5.300 edifícios. Todos os relatórios foram encaminhados aos municípios, mas depois disso, o Itep diz não ter mais sido procurado pelas prefeituras para que as medidas cabíveis fossem tomadas. Em 1999, pelo menos 13 pessoas morreram em desabamentos de prédios Olinda. Você acha que esse tipo de tragédia acontece por negligência do poder público? 82% dos internautas responderam que sim.

Mais Lidas