Após CBF perder na justiça, polêmico jogo do Santa Cruz na série C fica indefinido


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/10/2013 às 7:53
Leitura:
Do Redator de Plantão da Rádio Jornal Jogadores do Santa em campo, depois da confirmação do cancelamento da partida. Foto: Wellington Araújo/ Rádio Jornal Jogadores do Santa em campo, depois da confirmação do cancelamento da partida.
Foto: Wellington Araújo/ Rádio Jornal Após a notícia do cancelamento do jogo do Santa Cruz (PE) contra o Mogi Mirim (SP) nessa segunda-feira (21), quando a CBF acatou a liminar da justiça comum que definia o cancelamento da partida, a confederação ainda não definiu data e horário da partida do tricolor pernambucano contra o Betim de Minas Gerais, que foi beneficiado pela liminar e volta à competição. A delegação do Santa Cruz volta para casa e desembarca no Aeroporto Internacional do Recife às 13h desta terça-feira (22). Os jogadores serão liberados e o time volta a se encontrar na quarta para os treinos no estádio do Arruda. Enquanto isso, a Confederação Brasileira de Futebol tenta resolver a queda de braço entre Betim e Mogi Mirim. Está valendo a decisão tomada pela quarta vara cível de Betim, município da grande Belo Horizonte em Minas Gerais. Confira o ofício da CBF Confira o ofício da CBF O jogo do tricolor pelas quartas de final da Série C foi cancelado, pois o descumprimento da determinação prevista na liminar renderia uma multa de R$ 10 mil por dia. Os atletas dos dois times até entraram em campo no Estádio Romildão, na cidade de Mogi Mirim, em São Paulo, mas para apenas treinar. Antônio Luiz Neto, presidente do Santa Cruz afirma que o futebol brasileiro precisa ser repensado: > LEIA TAMBÉMTécnico do Santa Cruz diz que time não vai entrar em campo se a partida ficar para a quinta-feira. O Betim não quitou um débito com o The Strongest, da Bolívia e o impasse foi parar na instância maior a Fifa. A entidade atendeu a recomendação e retirou seis pontos do time mineiro quarto colocado com 28 pontos. Para impedir que o Santa Cruz disputasse a vaga na série B do ano que vem o time precisou ingressar na justiça. O presidente do Betim, Jaider Moreira afirma que a classificação tem que ser conquistada dentro de campo: A CBF até que tentou anular a liminar e garantir o jogo da noite dessa segunda (21), mas não conseguiu. A Confederação agora tem dois caminhos: reverte a situação na justiça ou agenda de imediato a partida do Betim em Minas Gerais. Na esperança de que o time ainda siga no Brasileiro a diretoria do Mogim Mirim promete devolver o dinheiro dos ingressos. O presidente do clube, o pernambucano Rivaldo diz que a justiça será feita e o clássico será de fato realizado:

Mais Lidas