Jacarés têm assustado moradores de comunidade em Barra de Jangada, em Jaboatão dos Guararapes

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/10/2013 às 15:32
Leitura:
JACARÉ Moradores afirmam que jacarés circulam livremente pela comunidade Foto: Clarissa Siqueira / JC News Os moradores da Vila Boa Esperança, em Barra de Jangada, Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, vão ter que esperar mais alguns dias para não terem jacarés nos quintais e na frente das casas. Cerca de dez répteis circulam pela comunidade há aproximadamente três meses, desde que uma lagoa artificial foi formada no bairro. Segundo estudos da prefeitura, os animais na lagoa tem, em média, dois metros e devem ter chegado ao local pelo mangue que fica próximo a comunidade. A prefeitura da cidade ia realizar, nesta terça-feira (22), uma operação para apreender os animais, mas por causa de um problema com o barco da Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma) o trabalho não pôde ser feito. A vegetação na lagoa será retirada, para ser mais fácil encontrar e retirar os jacarés. De acordo com a prefeitura de Jaboatão, a lagoa foi formada pela água acumulada das chuvas em um local onde os moradores da vila retiravam barro e areia. O coordenador de Defesa e Proteção aos Animais de Jaboatão, Manoel Tabosa, explicou que a população não precisa temer um ataque dos animais porque eles vão ser capturados. A dona de casa Francicleide Maria da Silva tem três filhos. Segundo a moradora da Vila Boa Esperança, os jacarés circulam livremente pelas ruas e ela teme pela segurança dos meninos. A repórter Clarissa Siqueira traz os detalhes da situação dos jacarés em Barra de Jangada:

Mais Lidas