Ministério Público de Pernambuco vai pedir paralisação das obras do corredor Leste-Oeste

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/10/2013 às 16:16
Leitura:
ti-caxanga-300x168 Obras estão previstas para serem concluídas em março de 2014 Foto: Hélia Scheppa / JC Imagem O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) pretende ingressar com um pedido de embargo para a paralisação da construção do corredor Leste-Oeste. As obras estão previstas para  serem concluídas em março de 2014. De acordo com o promotor de meio-ambiente, Ricardo Coelho, o MPPE entende que a obra é necessária e boa para a mobilidade da cidade, mas precisa de ajustes. O Terminal Integrado de Passageiros (TIP) da Caxangá está previsto para ser construído há apenas  dez metros do Hospital Getúlio Vargas (HGV). Para o promotor, tanta proximidade vai  influenciar no tratamento dos pacientes, com poluição sonora, além de dificultar a  chegada de ambulâncias na unidade de saúde. "E minutos a mais podem ser fatais para  pacientes", explica o promotor. Com as obras, as árvores da Avenida Caxangá também estão sendo retiradas. Pelo projeto do corredor, o replantio deve acontecer nas proximidades da cidade de Carpina, na Mata Norte de Pernambuco. O MPPE entende que as árvores devem ser plantadas na Zona Oeste do Recife, para diminuir o impacto da obra. LEIA MAIS Sexta-feira deve começar com protesto na Avenida Caxangá contra construção de terminal de ônibus

Mais Lidas