Aparelho auditivo promete ajudar na aprendizagem de estudantes

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/10/2013 às 14:56
Leitura:
surdo3 O funcionário público Damião Teodoro busca, há treze anos, a solução para melhorar o aprendizado do filho David Weslwy. David sofre com uma deficiência auditiva desde que nasceu, e foi beneficiado, nesta quinta-feira (24), com o sistema de frequência modulada pessoal. O equipamento permite aos usuários de prótese auditiva ou implante coclear ouvir de forma mais clara através da utilização de um microfone sem fio e um receptor acoplado ao aparelho do deficiente. Essa ferramenta, conhecida como Sistema FM, vai ser usada para melhorar o contato entre professor e aluno nas salas de aula. O aparelho é fornecido pelo Hospital Agamenon Magalhães (HAM). Até agora, oito equipamentos foram doados. De acordo com a chefe do setor de otorrinolaringologia do hospital, Mariana Leal, o fornecimento do sistema FM vai ser um trabalho contínuo do hospital para que a deficiência auditiva não seja um obstáculo para o aprendizado de crianças e adolescentes como David. O repórter Carlos Simões conversou com o pai Damião Teodoro e com a médica Mariana Leal:

Mais Lidas