Ministério Público de Pernambuco ingressa na justiça com ação civil pública contra a Celpe

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/10/2013 às 10:30
Leitura:
Da Redação Atualizada às 13h10 celpe_jc Foto: JC Imagem O Ministério Público de Pernambuco ingressou na justiça com uma ação civil pública contra a Celpe. No processo, a promotoria do consumidor exige que a partir da intimação, a companhia apresente em 10 dias um plano de trabalho à Arpe. [Confira reportagem de Thiago Graff] A iniciativa tem como objetivo o cumprimento das normas de segurança estabelecidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica. O orgão de fiscalização estadual concluiu que a Celpe tem 19 itens pendentes quanto às leis em vigor. A ação civil pública determina ainda que a empresa tem que pagar indenização por morte provocada por choque elétrico. Em 2011 foram 31, no ano passado 18, e no primeiro semestre deste ano cerca de 10. O valor de R$ 5 milhões representa a reparação pelos danos morais coletivos causados. Liliane Fonseca, promotora do consumidor afirma que o processo está sendo analisado na vara cível: No início da tarde desta quinta (24), Aldo Vilela conversou com a promotora Liliane Fonseca, que deu mais detalhes sobre essa ação. Confira as informações na entrevista, na íntegra, no link abaixo.

Mais Lidas