Secretário de direito dos animais diz que é preciso substituir testes com bichos


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/10/2013 às 12:31
Leitura:
Da Rádio Jornal Em entrevista ao programa Supermanhã desta quinta-feira (24), o secretário executivo de direitos dos animais, Rodrigo Vidal, conversou com André Luiz Cabral sobre a atual polêmica a respeito de pesquisas científicas que utilizam animais como cobaias. Foto: Reprodução/ Internet Foto: Reprodução/ Internet Um dos pontos destacados na entrevista foi o depoimento da vice presidente do Movimento de Defesa dos Animais, Gorete Queiroz, que teria defendido que testes e experiências científicas sejam feitos em humanos em vez de animais. A opinião do secretário é de que a humanidade precisa evoluir e investir em métodos que possam substituir o sofrimento dos animais. "Com toda tecnologia que nós temos, é obrigação dos centros de pesquisa substituir os animais e investir em métodos alternativos", afirmou. Em países onde já vigora a proibição desses testes em animais, por exemplo, há mecanismos como a utilização de peles construídas em laboratório como alternativa. Ouça aqui entrevista com o secretário: Em seu direito de resposta, Gorete Queiroz também foi entrevistada no programa e complementou o debate dizendo que a opção de fazer testes em seres humanos poderia inclusive ser feita com a colaboração de presidiários e com a possibilidade de redução de pena. Ouça o depoimento aqui:

Mais Lidas