Equipe da Rádio Jornal entra no clima do Outubro Rosa

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/10/2013 às 12:18
Leitura:

Suzana Mateus (estagiária), Ismaela Silva (editora do site e redes sociais da Rádio Jornal), Val Melo (secretária), Camila Brandão (produtora) e Karla Oliveira (produtora)
Nesta última sexta-feira do mês de outubro, dia 25, a equipe da Rádio Jornal resolveu se unir à campanha de conscientização para a prevenção do câncer de mama, o "Outubro Rosa". Todo mundo combinou e deu um jeitinho de fazer menção à ação. Confira as imagens aqui:
Rafael Souza (produtor), Ismaela Silva (editora do site e redes sociais da Rádio Jornal), Camila Brandão (produtora), Rafael Carneiro (repórter) e Suzana Mateus (estagiária)
Repórter Karoline Fernandes
Produtores de Geraldo Freire: Rafael Souza e Camila Brandão
Operador de áudio, Amaro.
Alessandra Cavalcanti, a produtora e cantora da Rádio Jornal.
O coordenador de jornalismo da Rádio Jornal, Carlos Morais
Iniciado nos Estados Unidos, em 1997, e com a adesão do Brasil em 2002, o movimento Outubro Rosa busca chamar atenção do público de que o exame clínico e a mamografia, feitos regularmente, são as formas mais eficientes de conseguir um diagnóstico precoce e aumentar as chances de cura do câncer de mama.
CÂNCER DE MAMA – Segundo o MS, indica-se que toda mulher faça, periodicamente, o exame clínico das mamas com um profissional devidamente qualificado. Para mulheres entre 50 a 69 anos de idade (faixa etária de maior vulnerabilidade), a principal estratégia utilizada é a realização do exame clínico das mamas e a mamografia a cada dois anos. Só em 2010, foram mais de 600 casos de câncer de mama no Estado. De 2007 a 2010, foram capacitados 2.165 profissionais médicos e enfermeiros da Rede Básica do PSF de todo o Estado para detecção precoce do câncer de mama.
Em todo Estado, há 65 serviços de mamografia, 183 de ultrassonografia mamária, 19 de punção de mama, 8 de quimioterapia, 5 de radioterapia e 6 de cirurgias oncológicas.
Com informações da Secretaria de Saúde de Pernambuco.

Mais Lidas