Apreensões de crack superaram as de maconha no Grande Recife, aponta pesquisa da UFPE

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/10/2013 às 9:00
Leitura:
Da Redação crack_usuarios_jc_interna Foto: JC Imagem Foi no final da última década que o crack passou a ser a principal droga comercializada no Grande Recife. A constatação é fruto de pesquisa realizada na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e que faz parte do livro integração ensino-serviço e política sobre drogas, organizado pela professora de Serviço Social Roberta Uchôa. O estudo revela que, em 2010, pela primeira vez na história, as apreensões de crack na Região Metropolitana superaram as de maconha. No último ano descrito no trabalho, foram 76 quilos de crack apreendidos na RMR. De lá para cá, a realidade só pirou. Sobre o assunto, Joffre Melo conversou com o biomédico Antônio Gomes de Castro Neto.

Mais Lidas