Direitos dos animais: o uso de bichos em pesquisas científicas para desenvolver medicamentos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/10/2013 às 18:35
Leitura:
rato Rato utilizado em pesquisa na Universidade de São Paulo Foto:  Julio César de Matos / USP O resgate de cerca de 200 cachorros da raça beagle, do Instituto Royal, em São Paulo, que aconteceu no último dia 18, acendeu o debate a respeito do uso de animais em  pesquisas científicas para desenvolver produtos que vão ser usados nos humanos. O debate na JC News com Everson Teixeira, desta segunda-feira (28), recebeu Alfredo Molina, que é professor da Universidade Federal de Pernambuco, e o ativista Romero Albuquerque para discutir o assunto. Para o professor, falta iniciativa pública para que os testes em animais sejam definitivamente abolidos no Brasil. De acordo com o ativista Romero Albuquerque, no Reino Unido, apenas 0,1% dos testes ainda são feitos com animais. O professor também chama atenção ao fato de que organismos humanos e de ratos, por exemplo, são diferentes. Sendo assim, uma substância não reage da mesma forma nas duas espécies. [Ouça programa na íntegra] E a nossa enquete: Você concorda que animais sejam mantidos em laboratórios e usados em testes para desenvolver medicamentos? No resultado parcial, 79% dos internautas responderam que NÃO. O que você acha?

Mais Lidas