Suspeito de mandar matar promotor Thiago Faria alega que é inocente

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/10/2013 às 14:40
Leitura:
Da Rádio Jornal Atualizado às 17h02 Fazendeiro, suposto mandante do crime, está foragido. Foto: Reprodução/ SDS Fazendeiro, suposto mandante do crime, ainda está foragido. Foto: Reprodução/ SDS

Foi cancelado o depoimento de Leandro Ubirajara, filho e advogado do suposto mandante do homicídio do promotor de Águas Belas, Thiago Faria, de 36 anos. O depoimento do filho de José Maria Pedro Rosendo Barbosa, estava marcado para às 14h. A previsão é de que Leandro seja ouvido nesta terça-feira (29), pela manhã.

A repórter Jailma Barbosa, da TV Jornal Caruaru, conversou com um dos delegados responsáveis pelo caso, Glauco Menkes, comentou que por um motivo conveniente para a investigação é que a polícia achou necessário adiar o depoimento de Leandro Ubirajara. Ouço essas informações no flash de Jailma Barbora, da TV Jornal Caruaru:

O pai de Leandro, José Maria Pedro Rosendo Barbosa, de 53 anos, conhecido como Zé Maria De Mané Pedo ainda está foragido. O suspeito alegou ser inocente em entrevista exclusiva à Rede Globo Nordeste.

O fazendeiro alegou que no dia do crime estava próximo ao escritório do filho das 8h ao meio dia. José Maria disse ainda que não manteve o contato com o cunhado Edmacy Ubirajara, apontado como executor.

Promotor também atuava como professor e era autor de livros. Foto: Reprodução Promotor Thiago Faria foi asssassinado no última dia 14. Foto: Reprodução

A disputa pela Fazenda Nova é a principal linha de investigação da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco. José Maria teria sido expulso do local depois de uma ação na justiça.

A advogada Mysheva Martins, noiva do promotor, comprou a sede da fazenda em um leilão da justiça federal. Mysheva teria recebido ajuda do noivo, o promotor Thiago Faria. Segundo a investigação, isso poderia ter motivado o crime. José Maria negou a acusação.

Fazenda Nova Foto: Reprodução/ Blog cariricangaco.blogspot.com.br Fazenda Nova Foto: Reprodução/ Blog cariricangaco.blogspot.com.br

O filho de José Maria, Leandro Ubirajara reforçou os argumentos do pai. O suspeito disse que não vai se entregar à polícia. O disque-denúncia oferece uma recompensa de R$ 10 mil por informações que ajudem na prisão do fazendeiro.

O repórter Carlos Simões traz todas essas informações na matéria:

> LEIA TAMBÉM: Promotor de justiça é morto no município de Itaíba, Agreste de Pernambuco

Funeral de promotor assassinado no Agreste pernambucano é marcado por emoção

Suspeito de assassinar promotor em Itaíba já está no Cotel, mas insiste que é inocente Ex-namorado da noiva do promotor de Itaíba presta depoimento como testemunha

Mais Lidas