Gestante peregrina mais de 24 horas para conseguir retirar feto morto


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 31/10/2013 às 14:33
Leitura:
Da Rádio Jornal  Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem Jaciane deu entrada no Imip na quarta-feira (30), foi transferida para outra unidade, e retornou a unidade nesta quinta-feira (31).
Foto: Bobby Fabisak/ Arquivo JC Imagem

O Instituto de Medicina Integral de Pernambuco (Imip) é alvo de denúncia por parte do profissional autônomo Cristiano Nascimento. Cristiano afirma que trouxe a esposa Jaciane Maria Santos Tibúrcio, grávida de cinco meses, da cidade de Rio Formoso, na Zona da Mata, para o hospital em busca de atendimento. Jaciane deu entrada na unidade de saúde às 5h dessa quarta-feira (30), foi transferida para outra unidade, e retornou ao Imip nesta quinta-feira (31).

Em nota, o Imip confirmou que a paciente deu entrada no setor de obstetrícia e, após receber o atendimento adequado, foi transferida para uma unidade de médio risco no município de Abreu e Lima, Região Metropolitana de Recife. Na manhã desta quinta-feira (31) foi novamente transferida ao Imip, sendo encaminhada para atendimento médico por volta das 11h e admitida no setor de pré-parto, onde recebe os cuidados necessários.

Mais detalhes na matéria do repórter Carlos Simões:


Mais Lidas