Reunião com a prefeitura define futuro dos barraqueiros de Brasilit, Zona Oeste do Recife

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 31/10/2013 às 15:05
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal

Donos de fiteiros e moradores de barracos instalados nas calçadas da Barão de Bonito, em Brasilit, na Zona Oeste do Recife, realizaram um protesto nesta quinta-feira (31).

A mobilização bloqueou os dois sentidos da Avenida Caxangá, na altura Caxangá Golf Club. Pneus e lixo foram queimados e o Batalhão de Choque precisou ser chamado para negociar com a comunidade.

De acordo a população, máquinas e tratores da prefeitura foram chamados para derrubar 30 barracos instalados de forma irregular no espaço.

Há mais de 30 anos instalada, Emília Cabral está preocupada com o futuro incerto. Manoel Lopes, líder comunitário de Brasilit, denuncia que há muita especulação imobiliária na área. Em pelos menos três oportunidades, os moradores procuraram o governo para negociar e não foram recebidos.

Em nota, a Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano informou que notificou três bares construídos de forma irregular.

Uma reunião realizada entre líderes comunitários e representantes da prefeitura resolveu o impasse. Cinco barracas de chapa foram removidas e os donos estão sendo removidos e instalados em uma outra área na comunidade. A situação dos demais aguarda um estudo que devem ser relocados para um terreno fora da comunidade.

O repórter Rafael Carneiro, da Rádio Jornal, traz todas essas informações na matéria:

Mais Lidas