Ex-moradores da Vila Oliveira, no bairro do Pina, realizam ato lembrando despejo


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/11/2013 às 21:59
Leitura:
Da Rádio Jornal Na noite desta quarta-feira (6), ex-moradores da Vila Oliveira realizaram ato em frente ao terreno do qual foram despejados em 2012. Pelo menos 200 pessoas estiveram reunidas no local. O trânsito não foi interrompido. FOTOS 002 Foto: Milenna Gomes / Especial para a Rádio Jornal Os manifestantes penduraram faixas pedindo por justiça e trouxeram bolos que foram cortados para simbolizar um ano da retirada de 22 famílias e a demolição de 14 casas, que se deram por decisão judicial. A repórter Milenna Gomes acompanhou a ação. O desembargador Alberto de Oliveira aceitou o pedido do casal Paulo Roberto e Diulcineia Maria Fonseca, que alegam ser donos do terreno. A desapropriação é lembrada pelo desespero dos moradores, que viveram 40 anos no lugar, e pela operação de guerra montada pela Polícia Militar para o despejo. A esperança dos ex-moradores de voltar ao antigo espaço se renovou com o resultado de um mapeamento da Bacia do Pina. Segundo a advogada Maria José, a perícia encomendada pela Companhia de Habitação de Pernambuco (CEHAB) conclui que o terreno desapropriado é do governo e por isso das famílias que viviam lá. Leia mais: Terreno na Vila Oliveira pertence ao Governo do Estado e foi legalmente doado aos moradores

Mais Lidas