Com discurso de presidenciável, Eduardo Campos segue viajando Brasil afora com objetivo de “vender” imagem à população

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 12/11/2013 às 8:30
Leitura:
Da Redação campos_jo_reprodução_globo Fotos: Reprodução/ Rede Globo Com discurso de presidenciável, Eduardo Campos segue viajando Brasil afora com o objetivo de vender a imagem para a população. Depois de conceder entrevista a Ratinho, no SBT, agora foi a vez de ele sentar no sofá do apresentador Jô Soares, na TV Globo, nessa segunda-feira (11). No início, Eduardo olhava demais para as câmeras, o que chamou a atenção de Jô. Em certa oportunidade, o apresentador disse que o governador falasse em direção a ele para não parecer uma conversa entre cegos. O socialista falou sobre diversos assuntos, a exemplo de economia, política, saúde e eleições. Como vem fazendo há um bom tempo, ele não deixou de criticar o Governo Federal. Eduardo Campos afirmou que o Brasil não suporta mais 39 ministérios e surpreendeu ao afirmar que vai cortar o número de secretarias de Governo em Pernambuco. campos_jo_reprodução_globo_02 O pré-candidato também pregou a necessidade de uma reforma política e também do judiciário. O pernambucano afirmou que é preciso discutir a necessidade de ministros vitalícios. Para ele, é necessário que os ministros tenham mandatos. Além disso, ele falou sobre a união com a ex-senadora Marina Silva. Quando questionado se Marina poderia realizar intrigas para disputar a presidência, Eduardo rebateu.

Mais Lidas