Parentes de acusado de assassinar promotor de Itaíba prometem fazer vigília no Cotel


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/11/2013 às 10:56
Leitura:
Do Redator de Plantão Edmacy Cruz Ubirajara é suspeito de assassinar o promotor Thiago Faria  Foto: Wagner Sarmento/JC Edmacy Cruz Ubirajara é suspeito de assassinar o promotor Thiago Faria
Foto: Wagner Sarmento/JC Parentes do agricultor Edmacy Lira Ubirajara, que foi preso acusado de assassinar promotor de Itaíba prometem fazer uma vigília em frente ao Cotel, em Abreu e Lima, nesta quarta-feira. O mandado de prisão temporária concedido pela justiça contra o agricultor expira nos próximos dias. Thiago Faria Soares, de 36 anos, foi assassinado a tiros numa emboscada no dia 14 de outubro. O homicídio foi praticado num trecho da PE 300 entre os municípios de Itaíba e Águas Belas. Promotor também atuava como professor e era autor de livros. Foto: Reprodução Promotor também atuava como professor e era autor de livros. Foto: Reprodução Para a polícia, o promotor foi morto por conta da disputa de terras entre a noiva dele, Mysheva Martins e o suposto mandante do crime, o posseiro da Fazenda Nova José Maria Pedro Rozendo, conhecido como Zé Maria de Mané Pedo, que continua foragido. O Disk Denúncia mantêm a recompensa de R$ 10 mil para quem fornecer a localização do acusado através do telefone 3421 9595. A polícia mantêm a estratégia de trabalhar em silêncio e detalhar tudo apenas no término das investigações. O pedido de relaxamento da prisão do agricultor, solicitado há mais de 10 dias foi negado pela justiça. Na manhã desta quarta-feira (13), familiares de Edmacy Lira Ubirajara se reunem com os advogados de defesa, no escritório em Piedade, Jaboatão dos Guararapes. Depois, eles seguem até o Cotel em Abreu e Lima para uma visita surpresa com direito a aniversário antecipado. O advogado Leandro Ubirajara, que é sobrinho do acusado e filho do homem acusado de ser o mandante do assassinato do promotor de Itaíba, fala sobre o caso no áudio a seguir:

Mais Lidas