ANS suspende venda de novos planos de saúde de 41 operadoras

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/11/2013 às 9:20
Leitura:
plano de saude A venda de 150 planos de saúde está suspensa pelos próximos três meses. A determinação foi anunciada, nesta quarta-feira (13), pela Agência Nacional de Saúde (ANS), e atinge os planos que são administrados por 41 operadoras. Em Pernambuco, cinco delas vão ser afetadas. São as operadoras Amil, Golden Cross, Excelsior Med, Geap e Viva Planos de Saúde. A ANS informou que a punição foi aplicada porque os planos descumpriram prazos estabelecidos para atendimento médico, realização de exames e internações, e também se recusaram a cobrir alguns procedimentos. A agência informou ainda que a medida é preventiva e têm como objetivo melhorar o acesso dos usuários aos serviços contratados nos planos de saúde. Esta não é a primeira punição e, mesmo assim, os planos não tem melhorado o atendimento aos pacientes. A repórter Simone Santos conversou com Karla Guerra, coordenadora jurídica da Associação dos Usuários de Planos, Sistemas e Seguros de Saúde (Aduseps) sobre a decisão da ANS:

Mais Lidas