Testemunhas afirmam que recursos do PAC eram usados em fazenda em Serrita desde abril

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/11/2013 às 11:18
Leitura:
pf Foto: Divulgação / Polícia Federal O prefeito de Serrita, no Sertão de Pernambuco, Carlos Cecílio, e o filho dele, Rodrigo Cecílio, estão sendo investigados pela Polícia Federal por suspeita de uso indevido de bens públicos. A denúncia é de que Rodrigo, que é secretário de Planejamento de Serrita, teria utilizado retroescavadeiras cedidas com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal, para cavar um açude em uma propriedade deles, a fazenda Minador. Em entrevista à JC News com Aldo Vilela, o assessor da Polícia Federal, Giovani Santoro, deu detalhes da prisão e do caso. De acordo com testemunhas, o uso dos recursos do PAC acontecia desde abril e até o abastecimento do caminhão utilizado na obra do açude era feito no posto de gasolina do secretário de Planejamento: LEIA MAIS Filho do prefeito de Serrita é suspeito de usar recursos do PAC em obra particular

Mais Lidas