Mesmo com Magrão expulso, Sport derrota o Paraná e dá passo importante para acesso


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/11/2013 às 18:25
Leitura:
Da Redação Na tarde deste sábado (16), na Ilha do Retiro, o Sport entrou pressionado para buscar a vitória a qualquer custo. Empurrado por mais de 21 mil rubro-negros, só os três pontos interessavam ao Leão. jc-imagem Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem Os triunfos do Icasa sobre o Paysandu por 2 a 1 e do Ceará diante do Guaratinguetá por 1 a 0, na sexta (15), fizeram o Sport cair duas posições, indo para o quinto lugar com 56 pontos. No primeiro tempo, o Leão foi para cima do desinteressado Paraná, já com chances quase nulas de acesso. Aos 23 minutos, após cruzamento de Patric pela direita, o meia Camilo só teve o trabalho de escorar para a rede, abrindo o placar. Na segunda etapa, por pouco o árbitro Paulo Cesar Oliveira não estragou os planos do Sport de ganhar. Ele expulsou injustamente o goleiro Magrão, que saiu da área para tirar com os pés e o corpo um lance perigosíssimo do time paranaense. Para o árbitro, Magrão teria colocado a mão na bola. O lance causou revolta entre os atletas do Sport e o técnico Geninho. Apesar da expulsão, o rubro-negro chegou ao segundo gol. E de novo um cruzamento de Patric. O atacante Neto Baiano estava na área do adversário. Ele recebeu a bola com precisão e pegou de primeira fazendo um belo gol. O resultado devolve ao Sport a terceira colocação com 59 pontos. O próximo jogo do Leão na Série B é contra o Boa Esporte, no sábado (23), às 16h20, no estádio do Melão, em Varginha, Minas Gerais.

Mais Lidas