Polícia Federal identifica seguradoras irregulares atuando em Pernambuco


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/11/2013 às 10:28
Leitura:
Da Rádio Jornal Foram apreendidos contratos, processos de pessoas lesadas e dados da contabilidade da empresa Foto: Divulgação/ PF Foram apreendidos contratos, processos de pessoas lesadas e dados da contabilidade da empresa
Foto: Divulgação/ PF A Associação dos Servidores Públicos do Brasil, com sede em Boa Viagem, na zona sul do Recife, teve as atividades suspensas por ordem judicial. A Asplub é acusada de comercializar seguros de vida sem a autorização da Superintendência de Seguros Privados. Cerca de cinco mil pessoas teriam adquirido o benefício do auxílio financeiro em caso de morte ou invalidez. Os órgãos de defesa do consumidor tem recebido denúncias do não pagamento do valor proposto nos contratos. A Polícia Federal deflagrou uma operação na semana passada onde foram recolhidos vários documentos. As equipes investigam agora a atuação de outra empresa clandestina com os mesmos moldes da Asplub. Giovani Santoro, chefe de comunicação social da PF em Pernambuco, afirma que o material encontrado é farto:

Mais Lidas