Depois de protesto, MST é recebido pelo governo do Estado para discutir desapropriações

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/11/2013 às 16:39
Leitura:
protesto-br232-trânsito Durante o protesto, trânsito ficou complicado na BR-232 Foto: Karoline Fernandes/ Rádio JC News Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) se reúnem na tarde desta terça-feira (19) na Secretaria de Agricultura de Pernambuco, no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife. No encontro, representantes do MST e do governo do Estado discutem a desapropriação das terras dos engenhos Pereira e Una, na cidade de Moreno, no Grande Recife. Pela manhã, cerca de 250 famílias interditaram o trânsito nos dois sentidos da BR-232, também no município de Moreno. De acordo com o líder do MST em Pernambuco, Jaime Amorim, as famílias que ocupavam o engenho Una foram despejadas na noite de segunda-feira (18) de maneira violenta e sem aviso prévio. No local será construída a barragem do engenho Pereira. Segundo a Polícia Rodoviária Federal durante o protesto, que interditou a BR-232, os motoristas enfrentaram um congestionamento com cerca de 14 km. A repórter Clarissa Siqueira traz as informações na matéria:

Mais Lidas