Homem preso injustamente, e que o pai faleceu em seguida, afirma que vai procurar justiça


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/11/2013 às 17:32
Leitura:
Da Rádio Jornal

Foi velado, na tarde desta sexta-feira (22), no Memorial Guararapes, em Jaboatão dos Guararapes,  o corpo de Nivaldo Batista de Oliveira, de 78 anos, ele é pai de José Neraldo, que foi preso na tarde de quinta-feira (21), após um erro da justiça. Neraldo era suspeito de um homicídio em 2010, mas ele foi julgado e inocentado, no dia 31 de outubro. No entanto, o processo nunca recebeu baixa.

O idoso, que tinha problemas cardíacos, passou mal e faleceu após o filho ser preso. José Neraldo, que já foi liberado, afirmou que vai procurar justiça.

A repórter Milenna Gomes, especial para a Rádio Jornal, conversou com José Neraldo:

Mais Lidas