Residencial Capri, na Iputinga, deve ser esvaziado por riscos de desabamento

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/11/2013 às 10:00
Leitura:
Da Redação residencial_capri_iputinga_expoimoveis Foto: Reprodução da Internet/ Site Expoimóveis Técnicos da Secretaria Executiva de Defesa Civil do Recife realizam, nesta sexta-feira (22), uma vistoria nos blocos I e J do Residencial Capri, no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife. De acordo com informações repassadas pelos moradores, o local deve ser desocupado em até 15 dias, por conta do risco de desabamento. Neste mesmo condomínio, outros seis blocos foram interditados em 1998 e passaram por recuperação. No prédio há rachaduras e descolamento na base. O repórter Rafael Carneiro conferiu a situação dos edifícios e traz os detalhes do caso na reportagem a seguir:

Mais Lidas