Justiça determina perda do cargo do secretário de Saúde de Pernambuco, Antônio Figueira


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/11/2013 às 16:05
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: JC Imagem Foto: JC Imagem

A Primeira Vara da Justiça Federal, por meio do juiz Roberto Wanderley Nogueira, informou, nesta terça-feira (26), a sentença em ação popular declarando a perda do cargo do secretário de Saúde de Pernambuco, Antônio Carlos Figueira. A ação também determina a reabertura do Centro de Transplantes de Medula Óssea (CTMO), do Hemocentro de Pernambuco (Hemope).

O advogado Mauro André Feitosa Azevedo impetrou a ação junto com os médicos Antônio de Oliveira Neto e Liliane Peritore. A ação popular requer a reabertura do CTMO alegando que todo o procedimento foi feito sem licitação e sem consulta ou aprovação dos conselhos Estadual e Federal de Saúde.

Já sobre o secretário de Saúde, a sentença alega que a nomeação de Antônio Figueira, que presidia na época o Instituto Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), é contra os direitos administrativos. A Secretaria Estadual de Saúde ainda não se posicionou.


Mais Lidas