Celpe recebe multa de R$ 170 mil pela morte do músico e advogado Davi Santiago


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/11/2013 às 15:04
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Hélia Scheppa/ JC Imagem Em junho, Davi recebeu uma descarga elétrica após esbarrar em um fio desencapado na Avenida Visconde de Jequitinhonha
Foto: Hélia Scheppa/ JC Imagem

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) foi multada em R$ 170 mil pela falta de manutenção dos fios de baixa tensão que atingiram o músico e advogado Davi Lira  Santiago Filho. Esta foi a resolução apresentada pela Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe) que, após seis meses de investigação, concluiu que houve negligência por parte da Companhia.

O caso aconteceu em junho, quando Davi recebeu uma descarga elétrica após esbarrar em um fio desencapado na Avenida Visconde de Jequitinhonha, em Setúbal, na Zona Sul do Recife. A vítima foi socorrida, mas não resistiu.

A multa de R$ 170 mil revoltou a família do advogado. Davi Santiago, pai da vítima, lembrou que a morte de Davi não foi um caso isolado. Outras mortes aconteceram pelo mesmo motivo no ano passado, mas as autoridades só passaram a se preocupar com o problema depois do caso do músico.

Em nota, a Celpe afirmou que realiza ações regulares de manutenção na rede de distribuição de energia elétrica e que, nos últimos três anos, a concessionária investiu mais de R$ 1 bilhão no sistema elétrico.

A repórter Suzana Mateus, especial para a Rádio Jornal, traz mais detalhes na matéria:


Mais Lidas