Trio é preso pela Polícia Federal acusado de aplicar golpes na Caixa Econômica de Caruaru

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/11/2013 às 16:24
Leitura:
pol federal Foto: Divulgação / Polícia Federal Um trio foi preso pela Polícia Federal de Pernambuco acusado de fraudar uma indenização de precatório tipo de dívida que órgãos públicos têm com os cidadãos -, em uma agência da Caixa Econômica Federal em Caruaru, no Agreste. Vilma Alves da Silva, de 49 anos, e os primos Wanderson Pereira Soares, 24, e Josceley Pereira Soares, 33, são naturais do Tocantins e estão envolvidos em um esquema que foi detalhado pela polícia: primeiro, o grupo obtinha informações privilegiadas de cidadãos que têm direito a indenização, e davam entrada em uma unidade bancária para sacar o benefício. Vilma, uma das suspeitas, fez este mesmo procedimento, e teria sacado R$ 38800. Assim, os policiais federais conseguiram o flagrante. A repórter Karoline Fernandes traz os detalhes das prisões: A mulher foi encaminhada ao Presídio Feminino de Buíque, já os homens estão presos no Presídio Juiz Plácido de Souza, em Caruaru. Este foi o sexto caso de estelionato descoberto pela Polícia Federal neste ano. A polícia alerta que, nesta época do ano, os crimes de estelionato crescem cerca de 30%.

Mais Lidas