Grávida tenta realizar parto em hospitais públicos do Recife há uma semana

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 29/11/2013 às 17:32
Leitura:
A operadora de telemarketing Maíra Cristiane, de 19 anos, já passou dos nove meses de gravidez e busca atendimento em vários hospitais do Recife. Desde o último sábado (23), Maíra deu entrada nos hospitais Barão de Lucena e no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), além de em outras unidades de saúde . Ela alega que após ser avaliada os médicos afirmam que não é possível ser feito o parto de forma natural. As assessorias do Imip e da Secretaria de Saúde, responsável pelo hospital Barão de Lucena, informaram que a paciente não apresentou quadro de alta gravidade e devido a isso foi orientada a voltar para casa. Caso apresentasse alguma complicação deveria retornar ao atendimento médico. As assessorias das unidades de saúde disseram ainda que os hospitais não têm o hábito de realizar parto cesariano, com exceção dos casos mais graves. O repórter Carlos Simões conversou com a gestante:

Mais Lidas