Trabalhadores da empresa Jaraguá, da Refinaria Abreu e Lima, decretam greve por falta de pagamento

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/12/2013 às 16:03
Leitura:
ref Funcionários cruzaram braços por não receber participação nos lucros Foto: Guga Matos / JC Imagem Cerca de 1200 trabalhadores da empresa Jaraguá, que presta serviço à Petrobrás, paralisaram as atividades na Refinaria Abreu e Lima nesta quinta-feira (5). Os profissionais decidiram cruzar os braços após tentar uma negociação com a empresa. A paralisação é devido à falta do pagamento da participação nos lucros e resultados. O valor deveria ser repassado no última sexta-feira (29). Os trabalhadores afirmam que o valor foi lançado no contra-cheque, mas que o dinheiro não foi depositado. De acordo com o diretor do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplenagem, Leodelson Bastos, quando receberem, os funcionários ainda vão ter parte do valor descontado.  A previsão é que os trabalhadores recebam o benefício até a próxima segunda-feira (9), mas se isso não acontecer,  o sindicato afirma que os profissionais permanecerão em greve A reportagem tentou entrar em contato com os representantes da empresa Jaraguá, mas não obteve sucesso. O repórter Carlos Simões traz detalhes na reportagem:

Mais Lidas