Delegado afirma que suspeito que faleceu após provocar apagão no Recife confirmou furto na Celpe

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/01/2014 às 15:20
Leitura:
del varzea2 Delegacia da Várzea está investigando o caso Foto: Ísis Lima / Rádio Jornal Faleceu, na madrugada desta quarta-feira (22), no Hospital da Restauração, na área central do Recife, o principal suspeito de ter ocasionado o apagão que aconteceu na madrugada do dia 10 para 11 de janeiro. A falta de energia atingiu bairros da Zona Oeste da capital pernambucana, além de algumas cidades da Região Metropolitana. Everton Martins Soares, de 27 anos, morreu com queimaduras de segundo grau em cerca de 70% do corpo. A polícia encontrou a carteira de habilitação dele na subestação Várzea da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), no bairro do Curado, na BR-232. Nas investigações, a Celpe concluiu que a falha no abastecimento de energia teria sido provocada pela ação de pessoas que teriam entrado no local para roubar uma bateria e fios de cobre. A repórter Ísis Lima conversou com o delegado João Gaspar, que é responsável pelo caso. Ele disse que Everton chegou a confirmar a participação no furto:

Mais Lidas