Família do jovem que morreu em exame do CPOR aguarda resultado de laudo


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/01/2014 às 15:43
Leitura:
A família de Fellipy Caetano Silva, 18 anos, que morreu durante a realização de um exame de aptidão física para habilitação no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Recife (CPOR), nessa quarta-feira, afirmou que vai aguardar o resultado do laudo da morte do rapaz para pensar se vai tomar alguma providência. John Caetano silva, irmão do jovem, falou que a saúde do seu irmão era perfeita e não entende o motivo que levou ele a falecer. Fellipy passou mal por volta das 8h30 e morreu cerca de uma hora e meia depois, devido a uma parada cardiorrespiratória. O CMNE informou que o rapaz foi atendido pela equipe de saúde do CPOR que acompanhava a prova e, seguida, encaminhado para o Hospital Militar do Recife, na área central da capital pernambucana, para procedimento de emergência. O corpo do rapaz foi enterrado nesta quinta no distrito de Terra Vermelha- sua cidade de origem -, no Agreste pernambucano.

Mais Lidas