Familiares de empresária que morreu em cirurgia bariátrica pedem agilidade ao Cremepe

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 29/01/2014 às 17:53
Leitura:
cremepe Foto: Ísis Lima / Rádio Jornal Familiares e amigos da empresária Fernanda Nóbrega, que morreu em novembro de 2013, após passar por uma cirurgia bariátrica, entregaram ao Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe), um abaixo-assinado com mais de 3 mil assinaturas. O grupo pede rapidez no resultado da investigação da morte da empresária. Fernanda faleceu durante a cirurgia, era casada e deixou dois filhos. A irmã da vítima, Andréa Nóbrega, conversou com a repórter Ísis Lima e comentou que a família aguarda justiça: Em nota, o Cremepe afirmou que já abriu uma sindicância para investigar a morte da empresária.

Mais Lidas