Primeiro dia de greve dos funcionários dos Correios tem grande adesão no Recife


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 30/01/2014 às 10:02
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Michele Souza / JC Imagem Foto: Michele Souza / JC Imagem De acordo com os funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, 95% do quadro de funcionários aderiu à greve por tempo indeterminado anunciada na noite dessa segunda-feira (29). A categoria resolveu parar as atividades por discordar da privatização do benefício do plano de saúde oferecido pela empresa. Apenas os funcionários terceirizados estão trabalhando nesta quinta-feira (30), mas os serviços essenciais como postagens e encaminhamento de correspondências estão paralisados. Durante a manhã a categoria realiza piquetes nas unidades dos correios e utilizam faixas para informar que as atividades estão paralisadas. Edson Siqueira, Secretário de Política do Sindicato dos Funcionários dos Correios, explica que a empresa está descumprindo uma cláusula sobre o benefício da assistência médica aos trabalhadores que determina que a empresa seja gestora do plano, mas o serviço foi terceirizado sem debater a medida com os trabalhadores. Após a terceirização, o plano não garante a inclusão de dependentes como pais e mãe aposentados e cobra uma mensalidade. Saiba mais sobre reivindicação da categoria, na reportagem de Clarissa Siqueira: Uma assembleia acontece às 16h nos correios da Avenida Guararapes, no centro do Recife, para definir os rumos da greve.

Mais Lidas