Comerciantes de Casa Amarela reprovam reordenamento feito pela prefeitura


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 07/02/2014 às 10:30
Leitura:
Da Rádio Jornal Vendedores ambulantes que trabalham com barracas de frutas e verduras no Largo de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife, realizam uma caminhada de protesto nesta sexta-feira (7). Eles reclamam das mudanças provocadas pelo projeto de ordenamento da feira pela Prefeitura do Recife. Os comerciantes dizem que a prefeitura não tem sentado para discutir com os feirantes a reforma e que tem retirado as barracas "da forma e na hora que querem". Foto: Karoline Fernandes/ JC News Foto: Karoline Fernandes/ JC News A passeata dos comerciantes saiu do Largo com destino à Rua Padre Lemos, sentido Avenida Norte. A Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife deve se pronunciar sobre o assunto nesta sexta-feira (7). Ouça as reclamações dos feirantes na reportagem de Karoline Fernandes: Foto: Karoline Fernandes/ JC News Foto: Karoline Fernandes/ JC News A comerciante Rita Maria, de 56 anos, por exemplo, veio do município de Bonito para ganhar a vida na "cidade grande". Na feira de Casa Amarela, ela vende alho, cominho, coloral. Costumava faturar cerca de R$ 150 por mês, mas agora o lucro diminuiu porque ela ganhou uma banca num lugar longe, onde não recebe muitos cliente. Ela está indignada por ter votado no prefeito que prometeu pra ela e para outros ambulantes e feirantes um espaço totalmente qualificado, mas "até agora, nada". Assista a seguir a história de Rita Maria:

Mais Lidas