Corpo de cinegrafista atingido durante protesto será velado na próxima quinta (13), no Rio


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/02/2014 às 22:47
Leitura:
Da Redação cinegrafista Foto: Reprodução / UOL O corpo do cinegrafista Santiago de Andrade, da TV Bandeirantes, morto depois de ser atingido por um rojão durante um protesto, será velado e cremado na próxima quinta-feira (13) no Caju, zona portuária do Rio de Janeiro. O velório ficará aberto ao público das 7h às 11h. Depois desse horário, a cerimônia vai continuar, até meio-dia, apenas para a família. O cinegrafista foi atingido na cabeça pelo artefato quando registrava o confronto entre a polícia e manifestantes na última quinta (6), na Central do Brasil, no centro do Rio. Santiago sofreu afundamento de crânio, foi submetido a uma cirurgia e passou quatro dias internado no Hospital Souza Aguiar. Ele teve morte cerebral na segunda (10). Fotógrafos e cinegrafistas fizeram pela manhã desta terça (11) nova mobilização por causa da morte de Santiago. Os jornalistas posicionaram as câmeras no chão em frente à delegacia de São Cristóvão, que investiga a morte do cinegrafista e fizeram uma oração. Na segunda, a polícia fluminense expediu um mandado de prisão temporária para o suspeito de acender o artefato, Caio Silva de Souza, de 23 anos.

Mais Lidas