Falta de escolta impede preso de ir a enterro da mãe no Recife


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/02/2014 às 15:54
Leitura:
O detento Walisson Alexandres, 25 anos, não vai poder comparecer ao enterro da sua mãe por falta de escolta. O homem está preso há cerca de dois anos no presidio  Frei Damião de Bozzano, que faz parte do complexo Anibal Bruno, no bairro do Sancho, na Zona Oeste do Recife. A sua mãe, Alessandra Alexandre, morreu vítima de morte cerebral. A tia do rapaz, a dona de casa Alcione Alves, conta que para a família o sentimento é de impotência. Já o seu irmão, Helton Alessandro, 20 anos, que também está preso, mas na Penitenciaria de Itamaracá, vai poder acompanhar o enterro da mãe. A mulher será enterrada no Cemitério Pacheco, mas ainda não tem horário definido. A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de ressocialização, mas não obteve contato.

Mais Lidas