Efetivo de 14 mil profissionais vai trabalhar para garantir segurança no carnaval de Pernambuco

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/02/2014 às 14:33
Leitura:
polic Foto: Chico Porto / JC Imagem A segurança será reforçada durante todo o carnaval do estado. Policias Militares,  Civis, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Científica foram convocados para atuar nas diversas festas na capital, no litoral e no interior. Ao todo, 535 câmeras vão auxiliar a Secretaria de Defesa Social do Estado, na central de monitoramento. Elas se juntam a mais de 14 mil profissionais da segurança, que vão trabalhar apenas nos pontos de carnaval. Um centro integrado de operações do carnaval reúne prefeituras, órgãos de segurança e concessionárias do serviço de transporte público para acompanhar, em tempo real, a movimentação da população. Outro reforço é a central de plantões da Polícia Civil. O espaço vai funcionar mesmo antes da inauguração e em conjunto com todas as delegacias. Em entrevista ao repórter Rafael Carneiro, o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Alessandro Carvalho, detalha a operação. Com grande demanda, o desfile do Galo da Madrugada, conta com o maior efetivo. A população vai poder contar com 5800 policiais, cinco delegacias móveis e cinco delegacias de plantão, inclusive no juizado do folião, na Estação Central do metrô e no Fórum Tomaz de Aquino. Em entrevistas à JC News com Aldo Vilela, o coronel Cabral também traz detalhes do esquema de segurança: O Corpo de Bombeiros, vai usar tecnologia de estatística operacional, que monitora em tempo real ocorrências. Todos os dias, as ocorrências vão ser divulgada das no site da SDS sempre às 10h. O balanço final das ocorrências no carnaval ocorre na quarta-feira de cinzas (5).

Mais Lidas