Políticos do PSDB estarão no velório do ex-presidente do partido, Sérgio Guerra


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 07/03/2014 às 8:08
Leitura:
Da Radio Jornal  Sergio Guerra_ JC Imagem Foto: Clemilson Campos/ JC Imagem O velório do ex-presidente do PSDB será das 11h às 16h, na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). O presidente do partido, Aécio Neves, e o governador de São Paulo Geraldo Alckmin devem comparecer à cerimônia. Já por volta das 9h20, familiares e amigos próximos acompanharam a chegada do corpo no Palácio Joaquim Nabuco em cerimônia reservada. Dentre eles, o presidente da Assembleia Legislativa do estado, Guilherme Uchôa e o deputado federal Raul Henry. Ouça abaixo as entrevistas: Também confirmaram presença os governadores Teotônio Vilela Filho, de Alagoas, e José de Anchieta, de Roraima. O ministro dos esportes Aldo Rabelo, estará presente na despedida representando a presidente Dilma Rousseff, que não poderá comparecer. Em uma das últimas visitas de Sérgio Guerra ao Sistema Jornal do Commercio, ele participou de um debate com Aldo Vilela na Rádio JC News.  O corpo do ex-presidente do PSDB deve deixar a Alepe no final da tarde, quando segue para o Cemitério Morada da Paz, em Paulista, onde será cremado. Políticos de outros partidos também expressaram luto pela morte de Sérgio Guerra como a presidente Dilma Rousseff, que afirmou ter recebido com pesar a notícia sobre a morte do político e se solidarizou com a dor de familiares e amigos. O governador Eduardo Campos, do PSB, declarou ser amigo de Sérgio Guerra apesar das divergências partidárias e lamentou a perda. A morte do ex-senador e deputado tucano ocorreu nessa quinta-feira (6), em consequência de uma pneumonia. Ele também tinha câncer no pulmão e estava há 23 dias internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ouça os detalhes na reportagem de Carlos Simões e Ítala Alves.

Mais Lidas