Cônsul Honorária do Brasil na Nova Zelândia comenta procura de estudantes ao país da Oceania

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/03/2014 às 22:53
Leitura:
Da Redação 01.08.12_Embarque_GanheoMundo Alunos do programa Ganhe o Mundo que embarcaram para a Nova Zelândia. Foto: Governo de Pernambuco. O que tem chamado a atenção de agências de intercâmbio e pais de estudantes brasileiros é o fato de a Nova Zelândia, uma ilha no meio do Oceano Pacífico, ter se tornado um destino bastante procurado pelos jovens que querem passar um período estudando no exterior. Segundo as pessoas que atuam no mercado de intercâmbio, além de ser um país insular, com paisagens paradisíacas, clima parecido com o Brasil e excelentes instituições de ensino, a grande busca pelo pequeno país da Oceania se dá pelo fato da Nova Zelândia ser, junto com a Dinamarca, o país com menor índice de corrupção do mundo. Para comentar o assunto, o âncora Antonio Martins entrevistou nesta segunda-feira (10) a empresária em educação e Cônsul Honorária do Brasil em Auckland, Nova Zelândia, Kátia Mackenzie.

Mais Lidas