Urologista diz que teste de urina para detectar câncer de próstata não deve aposentar toque retal


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/03/2014 às 11:57
Leitura:
Da Rádio Jornal  Foto: Reprodução Foto: Reprodução A notícia de um novo teste para detectar o câncer de próstata sem a necessidade do toque retal tem levantado debates nos últimos dias. O teste diferente seria também mais barato, mais fácil e até mais confiável do que o teste de sangue, pois parte de uma análise da urina e informa também a gravidade do câncer. O estudo sobre esse novo formato de teste foi desenvolvido por estudiosos da britânica Universidade de Surrey. Para explicar a descoberta, o médico urologista Mizael Wanderley concedeu entrevista à Rádio Jornal no programa Super Manhã desta segunda-feira e conversou com o comunicador Aroldo Costa. Mizael destaca que a pesquisa é um avanço, mas que não pode dizer que o teste afastaria a prática do toque retal. Saiba mais sobre a novidade na entrevista:

Mais Lidas