Supermercado Extra, na Avenida João de Barros, é interditado pelo Procon/PE

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/03/2014 às 11:30
Leitura:
Da Redação Atualizada às 18h50 EXTRA Quem foi ao supermercado nesta quarta-feira (19) deparou-se com os portões fechados Foto: Helia Scheppa/ JC Imagem O supermercado Extra da Avenida João de Barros, no bairro do Espinheiro, está interditado desde as 7h. O local deve permanecer fechado pelos próximos cinco dias, por uma ação do Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor em Pernambuco (Procon-PE), que constatou a existência de produtos com validade vencida no estabelecimento. Em entrevista à JC News com Everson Teixeira, Adeilsa Ferraz, gerente de Vigilância e Saúde do Recife, também foram encontrados alimentos com aspecto esverdeado e esbranquiçado, demonstrando a presença de fungos. A suspeita é de que os equipamentos de refrigeração eram desligados durante a noite e, por causa disso, os alimentos estragaram. Helia ScheppaJCImagem2 No local foi constata a existência de produtos com validade vencida Foto: Reprodução/Helia Scheppa/JC Imagem De acordo com o fiscal do Procon-PE Aristófanes Francisco, o Supermercado Extra já havia sido acionado por vender alimentos com validade vencida, no entanto, não cumpriu a determinação. O supermercado se manifestou em nota oficial divulgada à imprensa: O Extra pauta suas ações no respeito às leis vigentes e possui rigoroso procedimento para garantir a qualidade dos produtos comercializados em suas lojas, com um departamento exclusivamente voltado para segurança alimentar. O fato apontado é pontual e fora do padrão operacional exigido pela rede. Todos os pontos levantados pelos órgãos competentes já estão sendo corrigidos, e a gerência da loja aguarda autorização para reabertura da unidade. O Extra tem 15 dias para se defender. Denúncias podem ser feitas à vigilância sanitária pelo 0800 281 1520.

Mais Lidas