Moradores de comunidade em Camaragibe protestam contra desapropriação


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/03/2014 às 11:20
Leitura:
Da Rádio Jornal Atualizado às 14h33 DiegonigroJcimagem Foto: Diego Nigro/ JC Imagem Famílias que moravam no Loteamento São Francisco, em Camaragibe, no Grande Recife, fizeram um protesto na manhã desta sexta-feira (21), em frente à sede da Procuradoria Geral do Estado, na Rua do Sol, centro do Recife. O grupo estava com cartazes, faixas e carros de som, para protestar contra a demora na indenização das casas que foram desapropriadas pelo Governo do Estado para a construção de estações do BRT (Transporte Rápido por Ônibus). Os moradores contam que as casas foram avaliadas a um preço incompatível com o mercado. Muitos não receberam dinheiro algum até agora e já foram obrigados a deixar suas casas, que foram demolidas. Integrantes do Movimento Copafavela, que surgiu na comunidade do Coque, no Recife, também participaram do protesto, em apoio aos moradores. A assessoria de comunicação da Procuradoria Geral do Estado informou que na próxima quarta-feira, representantes da Secretaria de Desapropriação da Procuradoria recebem uma comissão dos moradores do Loteamento São Francisco, para tentar solucionar o impasse. Ouça na reportagem de Karoline Fernandes:

Mais Lidas