Senador Humberto Costa repercute CPI da Petrobras e licitação do Arco Metropolitano


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/03/2014 às 16:03
Leitura:
Da Rádio Jornal Arco é fundamental para o polo automotivo da Fiat Chrysler. Foto: Divulgação Arco é fundamental para o polo automotivo da Fiat Chrysler
Foto: Divulgação

A suspensão da licitação do Arco Metropolitano, projeto para criação de um novo contorno rodoviário do Grande Recife, foi repercutida na manhã desta terça-feira. O senador Humberto Costa, do PT, comentou, em entrevista à Rádio JC News, a respeito da decisão tomada pelo Governo Federal que suspende a execução das obras que seriam uma alternativa ao saturado trecho urbano da BR-101 e também impulsionaria o transporte de cargas.

LEIA TAMBÉM: Humberto Costa diz que recursos do Arco Metropolitano estão garantidos e ele deve ser construído

Outro tema repercutido pelo senador foi a possibilidade da CPI da Petrobras. Segundo o parlamentar, há um claro interesse político em repercutir a questão e ele classifica como requentadas as notícias a respeito do tema.

Ainda segundo Humberto Costa as CPIs tem se transformado em palco de disputa política. O senador afirma não entender alguns posicionamentos, como o do governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

Nesta terça-feira (25) a Comissão de Meio Ambiente, defesa do consumidor e fiscalização e controle do senado aprovou o convite à presidente da Petrobras, Graça Foster, e ao Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, para que os dois participem de audiência pública na casa e possam explicar a operação de compra pela Petrobras da Refinaria de Pasadena, no Texas.

Os detalhes na matéria de Ingrid Elihimas, especial para a Rádio Jornal:


Mais Lidas